Páginas

quarta-feira, 7 de maio de 2008

O Casamento Como Deve Ser

A maior entidade católica do Mundo, Os Cavaleiros de Colombo, acaba de noticiar que mais de um milhão e cem mil cidadãos do Estado da Califórnia subscreveram requerimento de projeto de Emenda Constitucional pela qual o casamento fica definido oficialmente como união entre um homem e uma mulher.

Em vinte e sete estados americanos esta medida foi providenciada. E no estado da Flórida, no início deste ano, uma proposta equivalente foi aprovada pela Divisão Estadual de Eleições, e deverá ser votada em Novembro.

Estas medidas refletem a razão. Pela qual o sentido do casamento e de sua proteção legal é a defesa da essência da natureza humana. Da sociedade, em que a proteção da família é dada pelo que é-lhe natural condição: a de ser berço plenamente capaz de prover a perpetuação da espécie humana. Onde a procriação e a educação dos filhos devem ser consideradas ideais sem conflitos de valores.

Casamento é ato perfeito, harmonia integral. Em que a estrutura da família deve ser vivenciada plenamente. Onde o amor e as faculdades naturais sejam reconhecidos sem conflitos funcionais e assim não produzam antagonismos nos valores de filhos e de toda a sociedade. O lar onde uma criança é educada deve favorecê-la com uma mãe que amamente, que tenha uma gestão natural, e um pai com todas as faculdades concernentes ao que espera-se de um ser masculino segundo a Criação. Tudo o que difere disto é danoso. Não é de outra forma que as crianças de hoje serão adultos saudáveis de amanhã...

Isto deve servir de parâmetro também para os legisladores brasileiros. Sem tirar nem pôr...

Nenhum comentário: