Páginas

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Desaparecimento, Encontro e Reflexão Sobre Nós

Acabo de passar por um momento de profunda preocupação com o contexto em que estou. Por ter notado o desaparecimento de uma importante base de dados portátil que mantenho...!

Estimei o possível e o impossível sobre "como é que poderia ter desaparecido base que tenho em tão alta conta e que é regular objeto de minha cotidiana atenção"...! Procurei aqui e ali, cá e acolá... E o estresse começou a se dar, com preocupações sobre necessidades de atualização de referências de acesso a dezenas de sítios Internet muito importantes para mim. Inclusive do ponto de vista econômico e financeiro. Além dos funcionais essenciais a minha comunicação e à gestão das minhas demais responsabilidades profissionais...

Refleti sobre o que fez-me lembrar do tal pen-drive. E lembrei de tudo o que poderia ter influído a que eu eventualmente tivesse me distraído a ponto de perdê-lo... Lembrei de atitudes alegres em excesso, precária ordem moral e cívica e ainda limitações inerentes a abordagens profissionais por excelência por parte de várias pessoas com as quais tenho contato... Lembrei assim que estou neste contexto... Não invulnerável aos reflexos negativos de brincadeiras pueris de quem não as deveria realizar, de desconhecimento por parte de quem deveria procurar o conhecimento e não o faz a bem, de parca dedicação à sabedoria divina por muitos dos que se dizem de fé. Mais ainda então dos que se dizem da minha fé...! E também no contexto da ordem brasileira...: da qualidade administrativa e jurídica do meu País, o Brasil; dos abusos no seu contexto praticado; e nos reflexos disto tudo geradores de insegurança institucional e danos de efeito moral em mim e em todos nós...

Então, depois de segundas, terceiras ou quartas buscas, acabei encontrando o meu particularmente valioso pen-drive. Depois de ter feito mudanças de senhas de acesso em quase uma dúzia de sítios web.

No contexto todo, cheguei a pensar: "quero sair daqui, quero mudar daqui, preciso mudar daqui..." No que lembrei do resto do mundo, e pensei: "para onde...? Está tudo tão ruim lá fora... Temos defeitos e grandes problemas em praticamente todos os lugares do mundo... Não raro bem mais graves que aqui..."

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

19 de Novembro - Dia da Bandeira do Brasil



Interessante, lembro quase como se sendo hoje, o dia em que, ao par de todos os brasileiros associados ao serviço militar, cumprindo os preceitos cívicos para formalização da minha cidadania nas obrigações do serviço militar obrigatório, vi-me na contingência pátria de jurar à bandeira.

O evento se dando no gramado da plataforma térrea da Estação Rodoviária de Brasília... Juntamente com outros tantos concidadãos, ao formarmos para a solenidade pública, pareceu-nos estarmos revestidos de atenções especiais. Tais em eloquente intensidade especial, quase como que cósmica ou superior em instâncias de abordagem ou condução da sociedade, que a grande maioria dos transeuntes presentes à plataforma superior tendeu a voltar-se para nós e acompanhar aquele ato moral e cívico...

Jamais esqueci, jamais esquecerei. Quanta evidência, quanta importância...! Parecia que éramos heróis nacionais... Tamanha concentração de eloquência à qual todos os aqui mencionados foram conduzidos... O espírito cívico projetado pelos mais graves discursos políticos do Regime de 1964 estava presente...!

Que brasileiras e brasileiros, todos, civis e militares, de todas as condições, possam ser dignificantes de tão nobres projetados sentimentos pátrios... Hoje e sempre...

domingo, 16 de novembro de 2014

The Biggest Spider - Terror in Bathroom! A Maior Aranha - Terror no Banheiro!

Comment today originally posted in National Geographic Society website article Puppy-Size Tarantula Found: Explaining World’s Biggest Spider, also under moderation to be published
(Tradução para o Português logo abaixo)
 
About the biggest spider in the world, I have personally a singular experience from years I lived in my mother's born city, Bom Jesus, Piaui. I never saw another spider so biggest than that I saw in a certain night, in my recent new address house's bathrom. "Incredible"! I was going to bathrom by 11:30 pm, when, after turn on the corridor's light, I then saw it in the floor distant from me only around a meter! I'm only with a sandal and brief, with a big dark spider with a diameter of about 35-40 centimeters... A tarantula specie... Both then standed and quiet, I then worry and thinking in a manner to dominate it, remembering about some broom or a squeegee I could use to improve it... Stopped... When I discretly moved myself to look for some option around, the spider in a quick action got away to the wall behind it and in a minuscule cavity was out of my view... An extraordinary experience, unforgettable. In the follow day, I looked for some place I could meet it newly out home. However without any useful reference to hunt it... I've moved to that house just in that day... A house in a centered place in the small city, and with bad cleaning cares by its last inhabitants... I never saw any spider of that dimension...! Nor in Butantan Institute in Sao Paulo nor in any National Geographic or other eminent environmental research institution documentaries... An incredible, an extraordinary big spider... The biggest of world I never saw equal...

TEXTO EM LÍNGUA PORTUGUESA

Sobre a maior aranha do mundo, eu tenho pessoalmente uma experiência singular dos anos em que eu morei na cidade natal de minha mãe, Bom Jesus, Piauí. Eu nunca vi outra aranha maior que aquela que vi numa certa noite, no banheiro da minha então recente casa! "Incrível"! Eu fui ao banheiro por volta das 23:30 horas, quando, depois de ligar a luz do corredor, eu então a vi no chão distante de mim apenas cerca de um metro! Eu então somente com uma sandália e cueca, comuma grande aranha escura de cerca de 3-40 centímetros de diâmetro... Da espécie das caranguejeiras, tarântulas... Ambos então parados e quietos, eu preocupado e pensando numa forma de dominá-la, lembrando sobre alguma vassoura ou rodo que poderia utilizar... Parado... Quando eu discretamente me movi para procurar alguma opção em volta, a aranha numa rápida ação fugiu voltando-se para uma minúscula fresta entre o chão e a parede por detrás dela em que sumiu de minha vista... Uma extraordinária experiência, inesquecível. No dia seguinte, procurei por algum lugar fora da casa onde eu pudesse encontrá-la. Entretanto sem qualquer referência útil a que eu pudesse capturá-la... Eu mudei para aquela casa localizada no centro da pequena cidade, e que era mal cuidada em termos de higienização por parte de seus anteriores habitantes... Eu nunca vi nenhuma aranha daquele tamanho...! Nem no Instituto Butantã em São Paulo nem em documentários da National Geographic Society ou de qualquer outra eminente entidade ambientalista de pesquisa.  Uma experiência incrível, uma extraordinária enorme aranha... A maior do mundo que eu nunca vi igual...

sábado, 8 de novembro de 2014

Uma verdade da Revolução de 1964

POSTAGEM REEDITADA EM 13/11/2014, A BEM DA PLENA COMPREENSÃO DO QUE DE INTERESSE
Uma verdade da Revolução de 1964: os que fizeram lobby para se manterem importantes e sustentar bandalheira à sombra ou na investidura das fardas das Forças Armadas e do regime não fazem mais senão escondidos. Mas estão todos, sem exceção sequer de regime, acompanhados, muito bem acompanhados, documentados e sob controle...! Isto se aplica também a integrantes da cúpula do Regime evidenciáveis ou indiciáveis no que cabível. O que é aqui expresso de público em especial para bom proveito ao que de interesse no âmbito das Forças Armadas. Os que não fizeram senão primar pelo melhor possível na ética e na ordem contextual, segundo as melhores tradições culturais e morais e cívicas brasileiras, permanecem cada vez mais altivos, atentos e fortes...

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Quero Te Ver Sempre de Bom Humor

Acha que rezar é besteira?! Que é coisa pra "beato, pra Freira, pra Padre, pro Papa"? Não acredita em Deus?! Pense então nos riscos de cair na condução do diabo! Não acredita nele?! Bem, neste caso, "cuide-se bem, perigos há por toda parte, é bem delicado viver... De uma forma ou de outra, é uma arte..." (...) Eu quero te ver com saúde... E sempre de bom humor... E de boa vontade... Com tudo..." http://letras.mus.br/guilherme-arantes/46305/