Páginas

sábado, 23 de dezembro de 2017

Natal é Festa de Família e Fé

Celebrar o Natal é congraçamento de família. Pela memória do nascimento de Um Novo Membro. Que veio ao mundo para que cada pessoa pudesse ter a felicidade e a paz que toda família almeja. Congregando no Espírito Santo da Paz. Que proporciona felicidade na vida em plenitude.

Celebrar o Natal é, pela condição social concernente à natureza de Quem o justifica, essencialmente uma festa religiosa. Realizada em virtude de uma expectativa real de unicidade familial. Em que os patriarcas são Deus e Sua Maria Santíssima e o primogênito dentre todos os irmanados é Jesus.

O Pai nosso que está nos céus, no universo inteiro, a Santíssima Mãe, o Filho Messiânico e o Espírito Santo, todos da paz, são a ela essenciais. Sem agitações atabalhoadas, atropelos, desordens, desuniões, desvarios, enganos, ilusões, intrigas ou males de quaisquer outras formas. Tudo para que cada ser humano tenha a felicidade da paz em família.

Seus devotos têm, como razão da atenção a Eles, a felicidade e a ordem da paz naturais de uma família integrada e unida. Por laços de amizade, amor, desejos de felicidade e vida em plenitude. Aqui e eternamente.

Independentemente do discernimento na santa fé os membros de nossas famílias naturais tem, e assim das suas conjunturais participações nas solenidades religiosas de preceito e regulares, se eles celebram o Natal, o fazem com fé. Animados na fé, nela confiantes e esperançosos no futuro prometido por Deus a todos os com Ele unidos pelo compromisso da Sagrada Aliança e pelas graças da redenção do mundo nas virtudes do Cordeiro de Deus.

Se temos condições propícias a celebrarmos o Natal junto a nossos familiais ou congraçando-nos na oração e pelos meios de comunicação, aproveitar esta oportunidade o melhor possível é rica oportunidade de revigorarmos o amor e a unidade desejados por Deus para a paz. Se não temos, comemorarmos o Natal somente nas solenidades religiosas, unidos à Família Real Celeste acima mencionada é gratificante oportunidade que ninguém deveria perder. Lembrando também do compadre de Deus, com Ele coligado como pai putativo tutorial de Jesus perante os homens, São José, o chefe da casa na Sagrada Família de Nazaré.

Independente da essencialidade de nossa participação nas festas espirituais de preceito religioso solene, estarmos juntos dos nossos familiais naturais confraternizando no espírito do Natal também é valioso. Faz mesmo parte do Natal. Que é festa de espiritualidade e família. Uma oportunidade de renovar os laços que Jesus sempre teve em mente jamais estejam frouxos. Mas, na paz e pela paz, consistentes!

Façamos portanto nossas partes, de acordo com nossas consciências, nossos respectivos discernimentos na fé, nossas condições de saúde, nossas contingências socioeconômicas, nossos limites de quaisquer naturezas. Na fé...! Na "perfeita ordem e na mais santa paz" que possamos vivificar! Os frutos, os resultados, virão de acordo com a sabedoria divina! De acordo com o Espírito Santo de Deus que age onde quer...!

Feliz Natal! Fé, graça, bem, sabedoria, paz e vida em plenitude! A você e a toda a sua família, carnal e espiritual! Que a Sagrada Família de Nazaré, com Deus Onisciente, Onipresente e Onipotente, tenha um Natal Feliz pelo melhor que nela você possa viver!


Nenhum comentário: