Páginas

domingo, 5 de fevereiro de 2017

Falando Um Pouquinho de Direito...!

Após acordar neste Dia do Senhor atualmente assim considerado na prática para a maioria dos cristãos, fiz minhas gratas e gratificantes orações matinais, e pensei em direitos...

Depois de todas as referências que vieram a minha mente, pensei nos direitos à privacidade, à governabilidade, à ordem, ao respeito... No direito autoral, comercial, patrimonial... E também no direito ao respeito e à vida...

Refletindo nesta dimensão toda, cheguei ao meu direito. Aos meus direitos... Em que os direito de família, moral e cívico, religioso e trabalhista foram também lembrados... E no respeito a mim devido em virtude de todos eles... Além do que merece ser lembrado em todos os demais direitos. Lembrados ou não lembrados, mencionados ou não mencionados aqui...

Lembrei dos desgovernantes de Governo, dos desordeiros de toda ordem... E no desgoverno proporcionado até por gestores públicos de todas as condições de investiduras. Lembrando assim dos direitos direta e indiretamente ligados ao que faço, farei, já fiz e que poderei ou poderia fazer... Uma ou várias vezes tendo o meu direito, os meus direitos, a bom termo respeitados...

Como não poderia deixar de ser, lembrei dos direitos de Deus, Senhor da Vida... Em que a seguinte pergunta direitinho surgiu como uma boa referência: se você morrer amanhã, ou mesmo agora, como você acredita que Deus irá lhe julgar em respeito ao direito...?

Disto lembrei de tudo o que cada um de nós faz e que é sempre notado por Deus, de quem nada do que se faz passa sem ser por Ele ampla e devidamente reconhecido. E do que cada um de nós prestará conta sobre todo respeito que dedicamos ou desprezamos a todos os níveis requeridos de direito... A bem da vida... 

O que você faz pelo direito à vida, e vida em plenitude...? O que você faz pelo direito ao respeito? O que você tem vivido reflete omissão ou solidariedade? Integridade ou marginalidade? Indiferença ou interesse? Corrupção ou retidão? Estupidez ou razão? Com respeito a toda forma de direito...

Nenhum comentário: