Páginas

domingo, 10 de janeiro de 2016

Hora da Misericórdia: Alienação ou Reverência

Mais uma vez acabo de, conscienciosamente reverente à exigência de Nosso Senhor na instituição do culto à Divina Misericórdia, contemplar meditadamente as Estações da Via Sacra. Do que fui também mais uma vez agraciado com adicionais bençãos a reconhecer o que foi por Jesus e pelos Seus vivenciado. Destacando-se o que Nossa Senhora Rosa Mística e suas fiéis companhias viveram após a morte de Jesus na cruz. Sem poder retirá-Lo da cruz de imediato, ficaram sujeitas a apenas poder estar diante de Seu corpo morto encravado e exposto ao tempo na cruz. Sem saber quando poderiam retirá-Lo a providenciar um sepultamento. Três horas de sofrimento vendo um filho morto pregado numa cruz, sem nada poder fazer e sem expectativas bem definidas sobre como e quando poderiam providenciar isto... Caladas, humilhadas diante do povo no contexto, impotentes, pesarosas e tristes... Unidas entretanto na força da fé... Mas vivenciando esse sofrimento todo mencionado. Já parou para pensar nisto antes?

Sobre a Hora da Misericórdia, você costuma honrá-la conforme as exigências de Jesus? Seja você fiel leigo(a), Diácono, Freira ou Irmã de Caridade, Padre, Bispo, Cardeal ou mesmo um Papa?! Se sim, muito bem! Não? Alienado(a)! Você e toda a Igreja que não o pratica desdenha assim de Nosso Senhor Jesus Cristo... E com isto é prejudicial à santificação e salvação do mundo, e ao nosso sucesso no Bom Combate...

Nenhum comentário: