Páginas

domingo, 6 de junho de 2010

Padres, Sexo e Sociedade

Acabo de receber uma mensagem divulgando uma nota de Bispo brasileiro, que aqui transcrevo. Com considerações estatísticas sobre os Padres atuantes no Brasil. Valiosas para que tenhamos um perfil correto e justo da Igreja como um todo. O que pode ser também estendido à Igreja no mundo inteiro.

Por oportuno, lembro conversa que tive com uma amiga, dias atrás. Pelo que desenvolvi considerações sobre o peso de escândalos e pecados para todos nós, civis, cristãos, religiosos declarados adeptos de uma religião, e sociedade civil, militar e religiosa em geral. Assim, por dizer, distinguida.

Ponderei então sobre se uma pessoa casada, ao cometer adultério, não seria motivo de escândalo maior do que uma inobservância de castidade a um Padre. Adultério é um pecado gravíssimo. Um Padre, por infeliz circunstância envolvido numa prática sexual com uma mulher solteira e adulta, poderia até mesmo com ela constituir família. Já uma pessoa casada que comete adultério fere o matrimônio. Ao menos do ponto de vista cristão e de outras religiões que exigem a fidelidade conjugal. E também do ponto de vista das leis civis de amparo à família, arraigadas em valores tradicionalmente enraizados e cientificamente ricos. Claro que, em casos de pedofilia, o seu cometimento é condenável quaisquer que sejam as condições de adultos partícipes.

Hoje, adultérios não são mais manchetes de jornais, e as estatísticas de leigos moralmente irregulares são tão grassas que a Imprensa sequer dedica atenção em suas manchetes como antes... Como que, "acostumados" ou adestrados pelo contexto socioambiental humano contemporâneo, isto apenas deveria ser considerado por nós como "apenas uma doença social"... E pares homossexuais pudessem ser equiparados a casais... Um estúpido erro até mesmo de linguística... Uma aberração de comunicação viciada presente também no terceiro milênio... 2010, Uma Aberração na Terra...

A mensagem que recebi:

Você sabe quantos Padres temos no Brasil? Vamos fazer uma conta?

Qui, 06 de Maio de 2010 10:20 cnbb

Até o dia 1º de maio de 2010, a Igreja contava com 18 mil padres no Brasil. E mais de 100 milhões de fiéis. Isso significa que cada padre tem que atender a mais de 5555 fiéis.


Agora faça essa conta comigo:

* 10% de 18 mil padres = 1.800 padres
* 1% de 18 mil padres = 180 padres
* 0,1% de 18 mil padres = 18 padres
* 0,01% de 18 mil padres = 1,8 padres

Quantos padres brasileiros estão envolvidos em escândalos pela mídia? 2 ou 3? Isso significa menos de 0,02% de todos os padres do Brasil!

* E os outros 99,98%?
* Nós vamos condenar todos os padres por causa de 2 ou 3?
* Nós vamos deixar de acreditar em 11 Discípulos porque Judas traiu Jesus?
* Nós vamos deixar de acreditar no Senhor por causa disso?
* Deixaremos de ir à Igreja e de comungar por causa da mídia escandalosa?
* Vamos deixar que nossa Fé se abale - se ela é de fato verdadeira, por causa disso?
* Rezemos por eles!

Pense bem: mesmo você sendo pecador e imperfeito, mesmo com dúvidas, mesmo que você se afaste da Igreja de Cristo, mesmo assim Jesus morreu por você!

Pense nisso com carinho.
Dom Eduardo Pinheiro da Silva