Páginas

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Celeridade ou Lentidão a Desenvolvimento Depende da Sociedade: de Mim, de Nós, de Você

Capa atual da página do livro no Facebook

Há exatamente dois anos, postei na minha linha do tempo do Facebook uma reflexão sobre o conteúdo do livro acima, caso sua redação tivesse como público alvo os Padres ou pessoas de formação equivalente.

Ao visitar a rede social agora, fui lembrado da mesma. Que está aqui também reproduzida. E sobre o que publiquei as seguintes considerações de valor econômico e social, senão ainda político e religioso. Que vi como valioso partilhar também aqui.

Sobre esta lembrança*, ao despertar hoje refleti sobre o fato de que, se a sociedade tivesse, por exemplo, aproximadamente 6 mil pessoas visitando nossa página oficial do livro e encomendando uma unidade, ou 3 mil encomendando duas, o processo de normalização de condições econômicas e financeiras a mim vinculadas, aplicações de rendimentos no programa assistencial associado à renda nas áreas contempladas ( veja mais e depoimentos sobre o livro em http://www.tssal.com/editora/tssal001_relig_br3.html ), seria quase que instantaneamente acelerado... Favorecendo também ao fortalecimento do projeto, com geração de empregos, impostos, qualidade de vida em geral, e renda... Inclusive a você que está lendo isto e que tem potencial de envolvimento e trabalho nas minhas atividades... E que, enquanto isto não ocorrendo, permaneceria " l e n t o . . . " ! E ainda que, permanecendo as coisas como estão, com a indiferença ou timidez da sociedade em relação a esta oportunidade, fica a mesma na dependência somente do que lhe proporcionam a qualidade de serviços públicos que o Governo oferece e as oportunidades de suporte a suas necessidades relacionadas às linhas beneficentes do nosso programa assistencial... 

De repente, se apenas poucas milhares de pessoas tomassem uma atitude fácil de ser tomada, e não ficassem " p a r a d o n a s . . . " nisto tudo, a nossa realidade mudaria da água para o vinho, "da noite para o dia", das trevas para a luz... Influindo isto inclusive no desempenho das nossas lideranças políticas e sociais. Sem jamais inibir os potenciais que eu tenho adicionalmente. Seja em política, seja em religião... 

Mas quem resolve sobre o que você faz, sobre o que a sociedade faz, são vocês mesmos, não é?! Conte com o SUS, com o desempenho do Poder Executivo e do Poder Legislativo, com a eficácia do Judiciário, "e pronto..." Não é mesmo? "Sabedoria legada por Deus"? "Deixa pros Padres..." Ou então enfia a cara na Bíblia...! Se não achar mais fácil no meu livro...!

* Se o meu primeiro livro sobre a Bíblia fosse escrito especialmente para Padres, certamente teria um conteúdo mais catedrático que o que temos naquele pelo qual sou mais conhecido como escritor! Afinal, para Padres, eu precisaria acrescentar bem mais ao que lhes seria útil por adição ao visto em sua formação básica...! Mas a bem lembrar há muitos Padres que gostam muito de Curiosidades Sobre a Bíblia e a Doutrina Cristã - Citações e Comentários Numa Abordagem Católica...! Os poucos "feedbacks" que tenho de clérigos estatisticamente projetam muito... Inclusive no que recebi comentário de que se eu quisesse ser Padre não precisaria estudar mais. De alguém muito muito valioso dentre o Clero... Gratificantemente claretiano...!

domingo, 16 de julho de 2017

Hora de Oração, Oração! E Frutos!




Hoje como de costume participei da Santa Missa "nossa de cada Dia do Senhor"! No caso da maioria dos cristãos, o Domingo, Dia da Ressurreição de Jesus, o Cristo, o filho ungido amado de Deus! E de Maria Imaculada! Predestinada a ser assim de acordo com o que nos testificam as Sagradas Escrituras! 

Bem, antes do início, tive grata surpresa de ver um irmão no discernimento da santa fé fazendo as orações diante do Santíssimo presente na Eucaristia. Logo após fazer as minhas! E ao ver o mencionado irmão, com quem desde então iniciei amizade, notei que o mesmo estava de bermuda! Mas tal pelo fato de ter em sua perna esquerda tatuada uma imagem de espetacular e singela expressão de fé e união compromissada com os seus valores essenciais que nós comungamos. A imagem apresentada nas fotografias que ilustram o presente artigo.

Como resultado de uma maravilhosa condição de fervor no discernimento religioso que temos e que a comunidade em que vivo há 25 anos tem, a Missa de hoje foi de tal maneira rica em expressões e sentimentos de valores divinos, que acabei postando o seguinte texto em meu perfil social no Facebook:

"Bom dia!

Acordei com o despertador programado para o horário da Missa! Da qual cheguei agora! E, exatamente assim, QUE DELÍCIA DE MISSA...! Abençoada...! Repleta de bençãos e graças! Em que revi e congratulei-me ardentemente com vários bons e maravilhosos amigos, conheci alguns novos de muito valor, e até com Nosso Senhor e Nossa Senhora, e também com o Pai Nosso e o Espírito Santo houve momentos especialmente diferenciados! Alegrias especiais de todos nós! Até quando cheguei em casa e reverenciei a Santíssima Família Real Celeste entronizada a bem...!

Acordei na hora certa, fiz o que deveria fazer, e colhi os frutos! Colhi e reconheci ao menos um pouco o que as pessoas mencionadas também colheram! Do que plantamos, cada um de nós...!

Beijos e abraços, segundo o personalizadamente cabível e apropriado...!

Bom Dia do Senhor!"

Durante e depois da Missa tive extraordinárias oportunidades de reencontrar vários amigos. De cujos acalorados encontros, que dinheiro nenhum pode comprar, cheguei em casa ainda radiante! Rejubilante diante do Senhor! Uma maravilha sem par!

Mas não deixei de observar a atenciosa atitude de um dos amigos que tive o prazer de então cumprimentar. Com certa e reverente postura solidária ao que estimo estar vivenciando em necessidades de soluções sociais! Pelo que vi necessário partilhar um importante aspecto que deve reger nossa postura diante de Deus. Em especial aos momentos por Ele prescrevidos dedicados à expressão de nossa fé e união em virtude de Suas graças.

Durante tais reuniões e demais momentos de adoração, culto e louvor, apesar de termos todos nossas "cruzes", nossos problemas pessoais por serem solucionados e assim superados, devemos estar concentrados em Deus! Ele nos conhece, nos provê tudo de bom que podemos usufruir. Espiritual e materializadamente! Ele é Onisciente, Onipotente e Onipresente. Sabe tudo de nós, passado e presente. E antevê o futuro a nós possível segundo nossos contextos. E assim também conhece todas as necessidades que individual e socialmente temos. Para nós e todos os que particularmente queremos bem! De que, na hora da graça, da oração, individual ou em comunidade, nada mais importante e valioso há a fazer senão nos concentrarmos prioritariamente nisto! De acordo com o a nós socioambientalmente possível! Os nossos problemas temporais, que também são de Deus, pelo interesse que Ele tem em nós, são assim reforçadamente parte do interesse divino a que sejam resolvidos! E o poderão, de acordo com o disposto por Ele na matemática da Sua sabedoria! Para que todos nós sejamos felizes, perfeita e santamente! Jamais tolinhos...!

Quando orarmos, em casa, na Igreja ou em agrupados em outros locais, estarmos concentrados em Deus é essencial para nossa felicidade. Para nossa oração, tranquila e serenamente, em corações e mentes, frutificar a bem! Alegres ou tristes, abastecidos ou carentes, se não estivermos concentrados em Deus ao nos dirigirmos a Ele ou em Sua virtude, estaremos como que reunidos com amigos digitando textos no celular! Não pode ser assim...!

Problemas seculares devem ser solucionados quando não estivermos em oração! hora de orar, orar; hora de trabalhar, trabalhar! "Ora et labora." Ora mas labora! Fé sem obras de nada vale! "Há tempo para tudo", diz o Senhor!

terça-feira, 4 de julho de 2017

Se o diabo pudesse... | If the devil could...

Se o diabo pudesse ter braços, pernas ou troncos vivos que cada ser humano tem, e viver a condição humana como nós o podemos, decerto a viveria. Porque cada ser humano, cada um e nós, em que temos o Espírito Santo de Deus perseguindo até o maior dos pecadores para que se converta e viva, podemos ser salvos a viver em plenitude no Paraíso Divino. 
 
Mas não o pode... Já está condenado... Cada ser humano, portanto, dê valor ao potencial de salvação que tem... Deus nos ama sem acepção de pessoas. Independente da condição ou história individual de cada um de nós. Deus quer a cada um de nós salvos do inferno ao qual o demônio, que é um anjo, mas um anjo rebelde, está fadado... Ele não pode mais converter-se, apesar de crer no Evangelho e ter fé em Deus... Ele praticou e faz praticar obras ruins... 
 
Não desperdicemos nossas condições, ou ficaremos arrependidos tal qual ele... Ou melhor, pior que ele... Ficaremos nas mãos dele... O melhor ainda é podermos viver e fazer viver o amor e a vida em plenitude por Cristo, com Cristo e em Cristo... Felicidade maior não há... E Seus santos dão testemunho disto tudo... E todos os eleitos de Deus ao Paraíso...!
 
------- English Version -------

If the devil could have live arms, legs, or trunks that every human being has, and live the human condition as we can, he would surely live it. Because each human being, each one of us, in whom we have the Holy Spirit of God persecuting even the greatest sinner to convert and live, we can be saved to live in fullness in the Divine Paradise. 
 
But it can not ... It is already condemned ... Every human being, therefore, gives value to the potential of salvation that has ... God loves us showing no partiality. Regardless of the individual condition or history of each of us. God wants each of us saved from hell to which the devil, who is an angel but a rebellious angel, is doomed ... He can not convert, even though he believes in the Gospel and has faith in God ... He has practiced and done evil deeds ... 
 
Let's not waste our conditions, or we will be as repentant as he is ... Or worse, worse than him ... We will be in his hands ... The best is still to live and to live Love and life in fullness through Christ, with Christ and in Christ ... There isn't greater happiness ... And His saints bear witness to all this ... And all the elect of God to Paradise ...!

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Sobre Preferências Civis Por Governos Militares


Imagem: http://www.cidadaopg.sp.gov.br/imprensa/fotos/?p=273955

Quando civis admitem que militares inspiram mais seriedade que civis, admitem a própria acomodação ou limitação concernente a toda responsabilidade que isto envolve. Inclusive quanto a disposição para exercício responsável de atividades de moral e civismo. Admitem que entre determinada população em que eles se encontram, militares teriam mais moral e respeitabilidade que civis, inclusive dos que isto admitem, para tratar de assuntos de interesse de todos, civis e militares.

O que os militares poderiam pensar dos civis que acomodadamente não se envolvem como o poderiam, como que transferindo a militares a responsabilidade moral e cívica que é também de civis...? Civis sérios, politicamente respeitáveis? Decerto, nem tanto quanto militares... 

 
Imagem: http://www.imagens.usp.br/wp-content/uploads/1512201495anosfmvzfotomarcossantos017-240x135.jpg

Isto serve para cada civil que num estado democrático de direito prefere pensar em opções militares para gestão da política. Embora todos nós, ao menos por ocasião da apresentação e despedida ao serviço militar obrigatório, tenhamos jurado à bandeira nacional... Embora todos nós, em solenidades cívicas que o tenham justificado, tenhamos nos perfilado cantando ou honrando o hino nacional brasileiro... Ao lado de militares... Bonito, não é...? Sem nenhum desprezo pela qualidade militar por excelência, em quem temos bons exemplos, comodismo civil nisto também não seria uma vergonha...?

sábado, 10 de junho de 2017

Para mim, o que o Brasil é?


Imagem: http://www.recadoseglitters.com/brasil7/

Para mim, é o mais importante País que há. É o meu País... Invejado por muitos, perturbado por muitos, e valioso para todos os brasileiros... Com ordem e progresso, com desordem e retrocesso, de qualquer maneira, é o meu País. Valioso para mim e todos os brasileiros... 
 
Imagem: http://tourdaexperiencia.blogspot.com.br/

É nele que temos gestão e mando de campo. Mesmo que negligenciado isto por muitos de nós... Em condutas e esforços científicos, econômicos, familiais, individuais, políticos, religiosos e sociais... Mas não por todos... Há muitos que são exemplos de vida para que esta Terra por eles e a grande maioria de nós bem querida possa responder a bem como uma mãe gentil pátria amada Brasil...!